Para mais receitas, entre no nosso site: www.servegana.com

As fotos e receitas deste blog podem ser usadas livremente apenas na internet e com os devido link diretamente para o site www.servegana.com. Agradecemos a compreensão e o carinho de todos.

quinta-feira, 21 de maio de 2015

Risoto apaellado vegan


21/05/15

Não é paella, não é risoto. É uma mistura dos dois. Muito boa, por sinal! Receitinha que está no nosso livro, também.



1/2 kg de arroz integral cozido
2 xícaras de caldo de legumes
1 lata de tomates pelados
1 xícara de cenouras raladas
1 xícara de cogumelos paris frescos
1/2 xícara de azeitonas pretas picadas
3 colheres de sopa de azeite
1 colher de sopa de salsão bem picadinho
1/2 xícara de ervilhas frescas
sal a gosto
pimenta do reino a gosto
1 dente de alho
alecrim a gosto



Frite o alho. Junte a cenoura, o cogumelo paris, o salsão e refogue bem. Acrescente o arroz cozido, os tomates pelados e o caldo de legumes. Cozinhe por alguns minutos. Acrescente os demais ingredientes e deixe cozinhar até que o arroz esteja em ponto de risoto (nem seco, nem encharcado). Se quiser, pode levar ao forno para gratinar com queijo vegano por cima. Nós só fazemos isso quando temos um jantar mais formal. Senão, sai do fogo direto para a mesa.

Patê de tofu, cogumelo paris e agrião

21/05/15

Um patê diferente, nutritivo e muito saboroso. Receitinha do nosso livro.




250g de tofu
200g cogumelos paris
1 maço de agrião (pequeno)
sementes de cominho
sal a gosto
shoyo a gosto




Toste levemente as sementes de cominho. Acrescente o cogumelo paris picado e o shoyu e refogue até amolecer um pouco. Junte o agrião e abafe. Coloque o refogado no liquidificador ou processador (preferimos o processador, neste caso), acrescente o tofu e bata. Acrescente sal, se necessário. Sirva com palitinhos de gergelim ou torradinhas.

sábado, 2 de maio de 2015

Salada de batata da Sônia



02/05/15
Esta deliciosa saladinha quem nos ensinou foi uma amiga, a Sônia Balsevicius. Vale a pena fazer!



10 batatas médias cortadas em rodelas
200g de vagens cortadas em quatro, verticalmente 
vinagre de arroz a gosto
sal a gosto
azeite a gosto
pimenta calabresa a gosto
1 cebola roxa pequena




Cozinhas as batatas e as vagens já cortadas com um pouco de sal. Deixá-las al dente. Ainda quente, temperá-las com vinagre, azeite, sal, pimenta calabresa e cebolas roxas cortadas em tirinhas finas.

Bolo salgado- nova versão



02/05/15

Já postamos um bolo salgado antes... Desta vez mudamos os recheios. Ficou mmuuuitoooo bom também!



Recheio de cenoura



1/2 xícara de castanhas de caju deixadas de molho por 30 min.
1 cenoura grande cozida
água do cozimento da cenoura o quanto baste
sal se necessário





Cozinhe a cenoura e leve ao liquidificador com as castanhas escorridas. Bata. Se necessário, coloque um pouco da água do cozimento da cenoura até que fique um patê cremoso.




Recheio de palmito


1 vidro de palmito pupunha
2 tomates batidos no liquidificador
1 cebola picada
3 dentes de alho picados
sal a gosto
pimenta do reino a gosto
salsinha picada a gosto
15 azeitonas verdes picadas




Refogue o alho e a cebola. Junte o palmito picado, o tomate batido, as azeitonas, sal e pimenta e deixe cozinhar por alguns minutos. Se necessário, acrescente água. Desligue o fogo e acrescente a salsinha picada.






Recheio de berinjela


3 dentes de alho picados
1 cebola picada
3 berinjelas sem casca picadas em pedaços pequenos
manjericão a gosto
sal a gosto
pimenta do reino a gosto






Refogue o alho e a cebola.Acrescente os demais ingredientes e leve ao fogo até que a berinjela desmanche. Se necessário, acrescente água durante o cozimento.






Purê de batatas



5 batatas médias cozidas em água e sal
azeite
água para dar o ponto


Amasse as batatas ou passe-as no espremedor ou mixer de mão. Junte o azeite e, se necessário, um pouquinho de água.






pão de forma vegano sem casca
leite vegetal para umedecer o pão
maionese vegana (industrializada ou caseira)
batata palha (industrializada ou caseira -ou inhame palha ou batata doce palha)




Numa bandeja, disponha uma camada de pão de forma, um ao lado do outro. Umedeça com leite vegetal. Bem pouquinho mesmo, para ele não desmanchar. * se os recheios ficaram bem pastosos, nem precisa umedecer os pães*. Passe um dos recheios sobre eles. Coloque mais uma camada de pão e mais um recheio e repita até terminar com o pão. Por cima do último pão, passe o purê de batatas e, por cima dele, a maionese. Jogue batata palha por tudo e sirva.




sexta-feira, 20 de março de 2015

Torta de palmito rápida vegan

20/03/15
Uma tortinha rápida e deliciosa!



Massa


3/4 xícara de óleo
1e 1/2 colher de sopa de semente de linhaça deixada previamente em molho em água filtrada
1 e 1/2 xícara de leite vegetal (utilizamos o de soja)
1e 1/2 xícara de farinha de trigo branca
1 e 1/2 colher sopa de fermento em pó
3/4 colher chá de sal ou a gosto


Recheio


1 vidro de palmito
1 lata de milho
azeitonas verdes a gosto picadas
cheiro-verde a gosto picado
sal a gosto
1 tomate picado
1 cebola média picada
2 dentes de alho picados
pimenta do reino a gosto
requeijão vegano a gosto (usamos da marca Bem me quer)



Ferva os palmitos durante quinze minutos. Refogue cebola e alho em uma frigideira. Acrescente o tomate, o palmito picado, o milho, sal e pimenta. No final do cozimento, acrescente cheiro-verde, azeitonas e o requeijão.


Bata os ingredientes da massa no liquidificador. Unte uma forma, coloque metade da massa. Depois coloque o recheio devagar e o restante da massa.
Asse em forno pré-aquecido por, aproximadamente, 40 minutos.

Nhoque de banana verde com farinha de arroz e molho falso de tomates (sem glúten, vegan)


20/03/15
Esta massa de nhoque fica muito leve. O molho muita gente já conhece.... Saborosíssimo.



Para a massa do nhoque


5 bananas verdes
1 xicara e meia de farinha de arroz
sal a gosto



Retire as bananas do cacho sem que abram a ponta (têm que estar inteiras, sem cortes). Coloque água para ferver numa panela de pressão aberta. Quando a águia estiver fervendo, jogue as bananas. Esse choque térmico é importante. Tampe a panela e deixe pegar pressão. Quando começar a apitar, conte 8 minutos. desligue a panela e deixe que esfrie sozinha. Quando estiver sem pressão, abra e retire as bananas. Abra as bananas e retire o miolo, colocando-os num processador. As cascas podem ser usadas em outras preparações. Bata os miolos e deixe essa pasta esfriar.
Quando fria essa pasta, acrescente o sal e a farinha, aos poucos, até obter uma massa firme, moldável. Faça rolinhos e corte os nhoque no tamanho que quiser.
Numa panela grande, coloque água e leve ao fogo até ferver. Acrescente sal e, quando estover fervendo, jogue os nhoques. Quando subirem à superfície, retire-os. Disponha-os num prato e jogue o molho por cima. Sirva.




Para o molho de tomates falso


1/2 abóbora moranga pequena picada ou 2 cenouras picadas
1 beterraba média picada
1 cebola picadinha
3 dentes de alho picadinhos
um ramo grande de manjericão
louro em pó 
1 ramo de tomilho ou a gosto
sal a gosto
3 xícaras de água
óleo para refogar a cebola e alho



Refogue o alho e a cebola, acrescente a moranga e beterraba. Salgue. Acrescente a água e as ervas todas. Deixe ferver até que os legumes estejam bem macios. Bata no liquidificador ou com um mixer de mão.



Este é o molho de tomates falso básico. Você  pode variar o tempero. Uma outra opção de ervas que fica ótimo é louro, tomilho e alecrim.


Você pode, ainda, acrescentar palmito, cogumelo paris, milho, etc. Fica muito bom.

quinta-feira, 12 de março de 2015

Salada de abóbora moranga vegan





12/03/15

Uma ótima opção de saladinha para o dia-a-dia.


1/2 abóbora moranga média
1 cebola roxa média
1 punhado grande de cheiro-verde
1 limão
azeite a gosto
sal a gosto
pimenta do reino a gosto



Corte a abóbora sem casca em quadradinhos. Cozinhe até amolecer um pouco. É interessante que fique um pouco firme. Misture os outros ingredientes, deixe na geladeira e sirva gelado.
Pin It button on image hover