Para mais receitas, entre no nosso site: www.servegana.com

quarta-feira, 16 de julho de 2014

Leite de linhaça com abóbora e açúcar mascavo

16/07/14
Uma excelente escolha para começar o dia!


1 xícara de linhaça
2 xícaras de água filtrada
1/4 de abóbora kabochá pequena
1/2 xícara de açúcar mascavo



Deixe a linhaça de molho nas 2 xícaras filtrada, por, pelo menos, 30 minutos. O ideal é deixar de molho de um dia para o outro, de preferência na geladeira. Ela vai virar uma espécie de gel. Cozinhe a abóbora e espere que esfrie. Bata tudo no liquidificador: o gel de linhaça, a abóbora cozida e o açúcar. Sirva gelado.

Creme vegetal (margarina vegana)



16/07/14
Este creme vegetal é leve e delicioso. Ótima opção para o café da manhã ou lanchinho da tarde!



1 cenoura
2 colheres de sopa bem cheias de amido de milho

1/2 colher de sopa de sal
2 colheres de sopa de extrato de soja
1 xícara de água do cozimento da cenoura
1/4 xícara de azeite de oliva
3/4 xícara de óleo vegetal




Cozinhe a cenoura em 1 ½ xícaras de água, até ficar macia . Retire a cenoura e coloque-a no liquidificador.
Pegue 1/2 xícara (só meia) da água do cozimento e coloque numa panela com o amido de milho. Leve ao fogo até obter uma goma. Coloque a goma no liquidificador com a cenoura. Acrescente a outra 1/2 xícara da água do cozimento da cenoura, o sal, o extrato de soja em pó e bata até ficar homogêneo. Não esqueça de colocar a água antes do extrato de soja, para que não grude no copo do liquidificador. Comece a derramar o azeite, misturado com o óleo, aos poucos (em fio), sempre batendo no liquidificador. Coloque num pote com tampa e leva à geladeira por, pelo menos, 4 horas antes de consumir.

domingo, 6 de julho de 2014

Bolinhos de quinoa e grão de bico assados

06/07/14
Estes bolinhos ficaram incrivelmente crocantes e saborosos. Ficaram muito leves, acompanhados de salada de folhas e arroz à grega.


1/3 xíc de quinoa em grão
200g de grão-de-bico cozido
tomilho fresco a gosto
salsa crespa fresca a gosto
cebolinha a gosto
1 cebola pequena
sal a gosto
azeite a gosto
1 colher de sopa de tahine
1 colher de amido de milho
2 colheres de fubá


Refogue a cebola picada em azeite, sal e um ramo de tomilho fresco. Adicione a quinoa e 1 xícara de água. Deixe cozinhar. Coloque a quinoa e o grão-de-bico cozidos no liquidificador, as ervas frescas, o tahine, o azeite e bata. Se precisar, um pouquinho de água. Retire do liquidificador e coloque em uma vasilha. Misture o fubá e o amido de milho. Experimente o sal. Faça bolinhas ou kibinhos com a colher e asse em assadeira anti-aderente até que fiquem crocantes!!!

Sanduíche de almôndegas ao molho, cebola empanada e molho chipotle vegan


06/07/14
Este sanduíche é bem bacana. O molho chipotle é incrível e dura MUITO tempo na geladeira. Vale a pena fazer.


Para as almôndegas


250gr de grão de bico cozido
5 cogumelos porto belo pequenos
3 colheres de farinha de rosca
1 pitada de cominho
1 pitada de coentro em pó
1 pitada de pimenta do reino em pó
sal a gosto
1 colher de sopa de azeite
1/4 de cebola
1 dente de alho


Bata tudo no processador. Faça bolinhas e leve à geladeira por 30 minutos. Retire, aqueça um fio de óleo vegetal e frite-as em frigideira até dourarem bem de todos os lados.

Faça o molho de tomates de sua preferência e acrescente as almôndegas depois de fritas.*Usamos tomates em lata, alho refogado, manjericão e alecrim*


Para a cebola empanada

Mingau:
Amido de milho
louro em pó
pimenta do reino
sal a gosto
água


cebolas em rodelas
farinha de trigo ou rosca
óleo para fritar




Faça um mingau com os ingredientes. Mergulhe as rodelas de cebola no mingau e passe-as, em seguida, na farinha de trigo ou rosca. Frite em óleo quente, submersas.



Para o molho chipotle vegano


1 xícara de maionese (pode ser superbom ou feita em casa)
1 colher de chá de cominho em pó
1 colher de chá de coentro em pó
1 colher de chá de páprica doce
1 colher de sopa de açúcar
2 colheres de chá de limão espremido
1 dente de alho passado no espremedor
pimenta chipotle a gosto (ou alguma outra que quiser) * já fizemos com jalapeña e ficou excelente*
3 colheres de sopa de água
tomilho fresco a gosto
sal a gosto




Bata tudo no processador. Coloque a mistura num vidro de catchup e guarde na geladeira. Dura muito!!!

quinta-feira, 12 de junho de 2014

Pesto de salsinha com mandioca (petisco vegan)


12/06/14
Experimentamos fazer um pesto de salsinha e fizemos mandioca para acompanhar. No caso, se a mandioca estiver fresquinha e bem cozidinha, nem precisa fritar. Ficou uma delícia como petisco! O pesto de salsinha, na nossa opinião, fica mais leve que o tradicional de manjericão.


1 xícara de azeite
1 xícara de castanha de caju
2 xícaras de salsinha
1 dente de alho (ou a gosto)



Bata os ingredientes no liquidificador ou no processador até virarem um creme. Está pronto! Pode ser utilizado de diversas maneiras na cozinha, com saladas ou legumes grelhados. Dura muito tempo na geladeira, se bem acondicionado.

Hamburguer de batata e Porto Belo

12/06/14
Este hamburguer é fácil e rápido de fazer. O gosto é atrativo (por conta da batata) e as crianças, que não são muito fãs de cogumelos, comeram tudo e pediram mais várias vezes. A consistência não é das mais firmes. Ele fica entre um brown hash potatoe e um hamburguer, mas é verdadeiramente delicioso.



1/2 bandeja de cogumelos porto belo
2 batatas pequenas
5 colheres de arroz pronto ( aquele que sobrou de ontem)
1 pitada de pimenta do reino
1 pitada de cominho
1 pitada de coentro em pó 
1 pitada de louro em pó
sal a gosto
1 talo pequeno de alho poró



Corte o alho poró e o cogumelo e refogue. Cozinhe as batatas. Coloque no processador com todos os demais ingredientes e bata até virar uma mistura moldável. Faça hamburgueres (atenção: a massa fica um pouco mole, mas na frigideira ela endurece um pouco). Frite com um fio de óleo em frigideira bem quente. Doure dos dois lados mais de uma vez, até que endureçam bem. Sirva.
Eles não ficam totalmente duros, mas ficam manuseáveis. O gosto é incrível!

terça-feira, 20 de maio de 2014

Lasanha de pupunha e berinjela

20/05/14

Esta lasanha é feita com placas de pupunha e berinjela no lugar da massa. Compramos as placas prontas, da marca ACM, mas dá para fazer em casa... Ficou excelente!


300g de pupunha fatiada como se fosse massa de lasanha (ver foto abaixo)
300g de berinjela fatiada como se fosse massa de lasanha
3/4 xíc. de mandiokejo em pó
2 latas de tomate pelado
1 pitada de açúcar
4 tomates
1 cebola grande
azeite a gosto
vinagre balsâmico a gosto
shoyu a gosto
2 dentes de alho amassados
manjericão fresco a gosto



Ferva a pupunha durante quinze minutos. Faça um marinado com a berinjela, deixando-a de molho no azeite, alho, vinagre balsâmico e shoyu durante, pelo, menos, 20 minutos. Grelhe a berinjela. Faça o molho de tomate de seu gosto. Nós refogamos a cebola, batemos os tomates pelados no liquidificador e acrescentamos sal e uma pitada de açúcar, e manjericão. Cortamos os outros tomates em cubinhos para dar uma textura na lasanha. Monte as camadas de molho de tomate, pupunha, berinjela grelhada, tomate picado e mandiokejo previamente preparado como instrui a caixa. Finalize com folhinhas de manjericão fresco.

Maravilha!



Pin It button on image hover